Post Número 100 – Dama da Noite – Uma Flor que Pratica a Estratégia do Oceano Azul
abr./2012 Luís | Inovação e Inovadores

É difícil de acreditar, mas o nosso Blog inovação e estratégia chega ao post de número 100 !

Já falamos bastante de estratégia, inovação, co-criação, BSC, Business Model Generation, aprendendo estratégia com as Abelhas, o consultor e o divã, compartilhamos videos que apreciamos bastante e livros que nos inspiram até hoje .

Para celebrar essa marca, resolvi pagar uma dívida antiga, escrever sobre um casinho interessante que há muito tempo falo em sala de aula nos programas de estratégia e inovação e que ainda não estava disponível em nosso querido blog.

Dama da Noite – Uma Flor que Pratica a Estratégia do Oceano Azul

Responda rápido, quem são os clientes das flores?

Se você respondeu os insetos, acertou em boa medida, pássaros as vezes.

Qual o horário de funcionamento da maioria das flores?

Em geral diurno, sendo que boa parte das flores não “trabalha” de noite, muitas chegando até mesmo a fechar.

Flor Fechada Noite

Como as flores fazem para se diferenciar?

Em geral investem em cores, perfumes, pétalas grandes, pendões, entre outros.

Sofisticada

Qual a estratégia dessa pequena florzinha chamada Dama da Noite?

Dama

Como uma boa praticante da Estratégia do Oceano Azul, procurou tornar a concorrência irrelevante e para isso desenvolver uma proposta de valor bastante singular.

Assim como no videogame Wii, que começou sua estratégia focando em quem não era usuário de videogames, as Dama da Noite focou os não clientes da maioria das flores, os insetos noturnos.

Em primeiro lugar ela escolheu um nicho de mercado pouco trabalhado pelas flores em geral: os insetos noturnos (mariposas, moscas, entre outras)

inseto noturno

Dado que seu público é noturno, cores e tamanho das flores pétalas seria um investimento desnecessário. Já imaginou para um ser que vive de fotossíntese, o tamanho do esforço necessário para produzir pétalas diferenciadas com cores incríveis. A escolha da Dama da Noite foi por uma flor pequena, com poucas e simples pétalas em cor BRANCA.

Mas a Estratégia do Oceano Azul nos ensina também que não basta reduzir os atributos bem abaixo da concorrência, muitas vezes você precisa, ou criar novos atributos ou elevar sua intensidade muito acima da concorrência, foi o que ela fez com o perfume,  diferenciou-se por ser uma das flores de perfume mais intenso.

Veja a curva de valor da Dama da Noite de forma comparada às flores em geral:

curva de valor dama da noite

Agora o teste de consistência da estratégia dessa florzinha que parece buscar uma otimização dos seus recursos.

Quantas sementes tem um mamão, ou um kiwi?

Centenas, ou até milhares

Quantas sementes tem o fruto da Dama da Noite?

UMA, sua aposta é certeira, faz apenas uma semente de porte.

semente-dama-da-noite

Da próxima vez que você sentir o perfume dessa florzinha, lembre-se que ali está uma estratégia pra lá de inovadora.

6 comentários a Post Número 100 – Dama da Noite – Uma Flor que Pratica a Estratégia do Oceano Azul

  1. Lígia Oizumi disse:

    Agradável e muito inteligente essa comparação da flor dama da noite com a estratégia do oceano azul!! Parabéns.

  2. Estou um pouco atrasado. Confesso!. Conheci o seu blog somente hoje depois de uma breve pesquisa sobre o livro Inovação em Modelos de Negócios, que você foi um dos co-autores. Gostei demais da sua comparação sobre a estratégia do oceano azul. Se permitir, vou publica-la em meu blog.

    Parabéns novamente.

  3. Alexandre disse:

    Até o momento não conhecia esta estratégia, que por sinal achei muito interessante. Oceano azul pode ser combinada com Benchmarking ou processos de reengenharia?

  4. Lia disse:

    Me deu inspiração para iniciar a leitura do livro que está na minha estante há um certo tempo.
    Parabéns pelo blog. Não conhecia, mas já sou fã.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *