Um NODAL a caminho do Aconcágua
fev./2012 Germán | Coisas da Nodal

Amigos, amanhã viajo para Mendoza para subir o Aconcágua – Wish me luck!

Sempre tive uma fascinação especial pelas montanhas – ter nascido no meio da Cordilheira dos Andes a 2.600 metros de altitude provavelmente tenha algo a ver com isso. Gosto da tranquilidade única das alturas – atenção, a partir de 3.000 metros de altitude é montanha, menos do que isso é só um morrinho…hehehe; de poder perder a vista no horizonte até onde o olho consiga enxergar; e especialmente, daquela sensação de realização e conquista depois de horas, dias ou semanas de caminhar enquanto se admira a paisagem (nada como as montanhas para ter respeito pela grandeza da natureza) e se pensa – há muito tempo para reflexão.

PreAconcagua_Blog

Mas a “expedição” começa bem antes, pois a preparação é fundamental, e por isso tomei a decisão de ir ao Aconcágua no início do ano passado e venho, de uma forma ou outra, me preparando desde então. Não posso controlar todas as variáveis, que faça bom tempo e minha reação a altitude dependerão em parte de sorte, mas existem outras que posso controlar sim e as duas mais importantes, além da preparação física, são: o equipamento que vou usar, e a empresa de expedição que vai me apoiar na empreitada (roteiro, guias, logística, experiência, etc.)

Em termos de equipamento, levei um susto ao descobrir quão caro é quase tudo, pois além de ser equipamento altamente especializado para frio, neve, vento, humidade, etc. a maioria é importado. No entanto, tive uma fantástica surpresa ao descobrir que existe uma empresa brasileira, a SOLO, que desenvolve vestuário de alto desempenho, e que meu grande amigo (nunca melhor dito) o Big (Rodrigo) trabalha ali!!!

A empresa de expedição que escolhi é a Grade6, especialistas em todo tipo de roteiros, desde a Serra da Mantiqueira até o Everest! e que até agora tem me oferecido um apoio excelente, mas que prefiro deixar para comentar depois da viagem.

Vou tentar alcançar o cume, chegar o mais perto possível dos quase sete mil metros (6962m), mas isso é secundário…. Estou indo para o Aconcágua porque sempre quis e gosto de ir atrás dos meus sonhos!

7 comentários a Um NODAL a caminho do Aconcágua

  1. Daniela disse:

    Germán!!
    Que loucura (boa)! Isso realmente vai acontecer!! Hahaha… Nunca duvidei! 😉
    Boa sorte e mande notícias na volta!
    Daqui, fico torcendo pra que tudo dê certo e corra da melhor maneira possível!
    Boa aventura!
    Besos

  2. Marcela Lupi disse:

    Qué genial y qué inspirador que hayas tenido este sueño y POR FIN lo hayas cumplido! Animo, buena suerte y disfruta!! Un beso. Marcela.

  3. Hugo Mardomingo disse:

    Ánimo con ese sueño, disfrútalo y lo más importante: cuando llegues arriba del todo saca pecho y échate un joooooooooooooolin que se escuche hasta en España.
    Abrazote!!

  4. Marcelo Petercem Ramos disse:

    Hermano,

    Só falta me dizer que vai levar uma bandeira da NODAL para fincar la no Aconcágua! Boa sorte e depois publicas as fotos para nós.

    Abraço

  5. Germán!!

    Sucesso neste belo desafio!!!!
    Estou na torcida, muita energia positiva para você atingir teus objetivo!!!
    Mande notícias e fotos!!!

  6. Claudia disse:

    I’m (already) proud of you! :))

    “Um dia podemos descobrir que toda viagem é, de algum modo, uma peregrinação em busca de um lugar que é o coração do viajante. Seu destino é a sua realidade interior. Mas faz parte do ritual, a busca de lugares distantes, aonde o seu coração sempre vai desejoso de um encontro que nem sempre acontece.”
    Poema Zen

  7. Pablo Guerrero disse:

    German:
    Creo que haber nacido 2.600 metros mas cerca de las estrellas no fue suficiente para vos!
    Habemos siempre personas que queremos estar cada vez mas cerca de ellas…

    La mejor energía para el viaje, te deseo un buen ascenso…. Un cielo despejado…. Y una alma renovada después del viaje.

    Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *