De novo sobre o BRINCALHAR
jun./2011 Luís | Coisas da Nodal

Há algum tempo criei o termo Brincalhar, que na sua essência é a junção do BRINCAR e do TRABALHAR. Quando brincalhamos elevamos nossas potencialidades. Certa vez, ouvi de alguém que assistia uma palestra minha, se trabalhar fosse bom, não nos pagariam por isso! Trabalho é trabalho e cachaça é cachaça.

Como pode alguém conviver com isso? Quantas horas passamos de nossas vidas no trabalho? Hoje pela manhã eu refletia que talvez um dos importantes desafios da vida seja conseguir conciliar trabalho com diversão.

Nas três últimas semanas estive envolvido em um projeto muito intenso de Planejamento Estratégico – uma empresa que em 2016 será de R$ 5 Bilhões. Consegui brincalhar muito nesse projeto e foi incrível como as coisas foram dando certo.

O workshop final, com 40 pessoas, teve como acompanhamento muitas peças de LEGO, soltas nas mesas que as pessoas podiam se divertir ao tomar decisões sobre o futuro da empresa.

O mais interessante se passou depois. Tenho dois filhos, de 7 e 4 anos, que são loucos por Lego e como toda criança adoram brincar com água. Ao chegar em minha casa após o Workshop, trazia o saquinho com os Legos e eles não podiam acreditar que na Nodal o Lego faz parte do trabalho e eu ainda ganho para isso. Aproveitei a oportunidade para transmitir o valor do Brincalhar a eles e disse: Pesoal, após cada Workshop nós temos que lavar as pecinhas por uma questão de higinene e a Nodal gostaria de contratar vocês como lavadores oficiais de nossos Legos. Pode-se imaginar a folia de um dia ensolarado de inverno lavando-se pecinhas de Lego. Eles realmente não acreditaram quando ganharam R$ 5 cada um pelo trabalho!!!!!

A propósito os Nodais (Saulo, Germán e Eu) estaremos fazendo nosso Planejamento Estratégico nessa semana: serão 2 dias na Barra do Sahy, com direito a aula de surf, caminhada, corrida, muito papo e bons vinhos.

Agora me respondam: Será que brincalhar é tão difícil assim, ou a grande maioria das pessoas realmente, lá no fundinho, sente-se culpada de divertir-se trabalhando.

2 comentários a De novo sobre o BRINCALHAR

  1. Talvez o “brincalhar” seja a forma mais notável de como encaramos ou vamos encarar o trabalho no futuro. O modelo clássico de “trabalho sério e desgastante” é insustentável no longo prazo, principalmente depois de conceitos como co-criação, cloud computing, design thinking, etc..
    Este ano vou brincalhar de montar Planos de Negócios com os alunos. Vou apresentar o conceito do BMGen no início para começar com o pé direito!

  2. Alexandre Lage disse:

    Como me disse um grande e, aparentemente, realizado executivo: “Não existe verdadeiro sucesso profissional sem crescimento pessoal”
    Acabei de conhecer seu site pois estou envolvido em projetos de Inovação.
    Estou gostando do que vejo, Parabéns.
    AL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *