Mais Sobre o World Café (3 de 3)
abr./2010 Luís | Ideias Inspiradoras

Com esse post encerra-se a série sobre World Café,
Boa Leitura!
____________________

O Passo a Passo do World Café

  • Acomoda-se quatro ou cinco pessoas em pequenas mesas estilo Café ou em grupos de conversação.
  • São estabelecidas rodadas de progressivas de diálogo (geralmente três) de aproximadamente 20 a 30 minutos cada.
  • São definidas Perguntas ou questões que genuinamente importam para as pessoas
  • Encoraja-se tanto os anfitriões de mesa quanto os participantes a escrever, rabiscar e desenhar idéias-chave em suas toalhas de mesa ou anotar idéias- chave em grandes fichas, post-it ou descansos de prato no centro do grupo.
  • Após completar a rodada inicial de diálogo, solicita-se que uma pessoa permaneça na mesa como a “anfitriã”, enquanto as outras atuam como viajantes ou “embaixadores do significado”. Os viajantes levam idéias-chave, temas e perguntas para as suas novas conversas.
  • Pede-se para que o anfitrião da mesa dê boas-vindas aos novos convidados e brevemente compartilhe as idéias principais, temas e perguntas da rodada inicial. Os convidados são incentivados a ligar e conectar idéias provenientes das conversas das mesas anteriores — escutando com atenção e refletindo sobre as contribuições uns dos outros.
  • Ao proporcionar a oportunidade para que as pessoas se movam em diferentes rodadas de diálogo, idéias, perguntas e temas começam a se conectar. Ao final da segunda rodada, todas as mesas ou grupos de conversação na sala serão “polinizados” com insights de conversas anteriores.
  • Na terceira rodada de diálogo, as pessoas podem voltar às suas mesas iniciais para sintetizar suas descobertas, ou podem continuar viajando às outras mesas, deixando o mesmo ou um novo anfitrião à mesa. Às vezes, uma nova pergunta que ajuda a aprofundar a investigação é colocada para a terceira rodada de conversa.
  • Depois de diversas rodadas de diálogo, inicia-se um período de compartilhamento de descobertas e insights em uma conversação todo o grupo. São nessas conversas estilo “plenária ou assembléia” que os padrões podem ser identificados, o conhecimento coletivo cresce e as possibilidades para ação surgem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *