As Origens e Um Pouco de História do Balanced Scorecard – Parte 1
jul./2008 Luís | Ideias Inspiradoras

A idéia hoje é compartilhar com os leitores um pouco da história do BSC.

Hoje quando temos contato com essa prática de gestão tão disseminada não temos idéia que um dia ela teve início em uma empresa e que os “criadores” Kaplan e Norton, sem diminuir o mérito de ambos por isso, nada mais fizeram que expandir o conceito.

Esse artigo é uma adaptação do original presente em minha dissertação de mestrado e será publicado em duas partes.

Boa Leitura !
__________________________________________________________________

As Origens e Um Pouco de História do Balanced Scorecard – Parte 1

O balanced scorecard é uma prática gerencial inicialmente criada para mensurar o desempenho organizacional, que passou a ser utilizada como uma ferramenta para a gestão e implementação de estratégias. Com origem nos Estados Unidos, a metodologia rapidamente foi difundida, sendo hoje aplicada por empresas em todos continentes. Em pesquisa conduzida pela consultoria Bain & Company (2003), sobre as práticas de gestão mais utilizadas no Brasil e no mundo, aparece como utilizado por 51% das grandes empresas, um significativo crescimento se comparado com a mesma pesquisa realizada no ano 2000, onde sua utilização era de 30%.

Para que se compreenda o rápido avanço do balanced scorecard enquanto prática de gestão é importante entender sua origem. Segundo Robert Kaplan, um dos criadores, o método utilizado na sua concepção, chamado de Innovation Action Management, é um método onde o pesquisador interage com o objeto pesquisado, não apenas observando e documentando um fenômeno existente (KAPLAN, 1998, pg. 90).

“O pesquisador torna-se um agente de mudança ativo auxiliando na criação de um fenômeno não existente até então.” (KAPLAN, 1998, pg. 91)

Este processo utiliza uma nova teoria para modificar aspectos críticos de uma organização e tem como premissa para o seu início, a identificação de uma necessidade não atendida em métodos de gestão existentes:

“Minha jornada pessoal iniciou-se no inicio dos anos oitenta após muitas discussões com executivos experientes que demonstravam frustração com seus sistemas de custeio e desempenho organizacional.”

Duas características que marcam a evolução do balanced scorecard são: o caráter fortuito de sua origem e a procedência das principais evoluções nas organizações, cabendo aos autores o papel de seleção e incorporação.

“Para o balanced scorecard a idéia inicial ocorreu de alguma forma inesperada, mas também não completamente por acidente” .

A idéia inicial, citada pelo autor, ocorreu em uma empresa chamada Analog Devices, onde um executivo chamado Arthur Schneiderman desenvolveu um sistema corporativo para a avaliação do desempenho geral da organização. Robert Kaplan, inicialmente convidado a documentar um caso de implantação de um sistema custeio nessa empresa, entrou em contato com o novo sistema e possibilitou a conexão dessas idéias com um projeto de pesquisa, que envolvia várias empresas e tinha como objetivo a buscar novas maneiras de medir o desempenho organizacional. A percepção era que sem a melhoria do sistema de medição de desempenho, os executivos não conseguiriam mobilizar com eficácia seus ativos intangíveis, perdendo desta forma grandes oportunidades de criação de valor.

Durante o período do estudo, os executivos experimentaram os conceitos em suas organizações e reportaram os resultados:

“No processo, o conceito original, que enfatizava sobretudo questões operacionais transformou-se um sistema de desempenho estratégico” .

O passo seguinte foi a publicação do primeiro artigo em 1992, The Balanced Scorecard – Measures That Drive Performance, seguido de outro em 1993, Putting the Balanced Scorecard to Work :

“Nosso objetivo claro ao escrever esses artigos era gerar entusiasmo e debate sobre essas novas idéias para um amplo público executivo (…) E ainda mais importante, se bem feito, executivos de outras organizações nos convidariam a implementar o conceito em suas organizações” .

CONTINUA …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *